Temas recorrentes em salas de cirurgia plástica são abordados no Congresso DESC


Cirurgiões de todo o País se reúnem, desde ontem (8), no Hotel Maskoud, em São Paulo. Programação científica é extensa
 

Na foto, os colaboradores Helder Lucidos, Fabiana Attie, Andrea Alves, Antônio Santos, Marcelo Ferreira e Paloma Furtado

Colaboradores da Anadem (Sociedade Brasileira de Direito Médico e Bioética) participaram, ontem e hoje (9), do 12º Congresso do DESC (Departamento de Ensino e Serviços Credenciados), no Hotel Maksoud, em São Paulo. O evento é promovido pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) e conta com a presença de diversos especialistas e profissionais de todo o País.

As mesas redondas do Congresso tratam de temas recorrentes nas salas de cirurgia, como reconstrução microcirúrgica de mandíbula com retalho livre de fibra, correção de mamilo invertido, necroses cutâneas causadas por trombofilias, dentre outros. Os relatos de casos bem e malsucedidos também são destaque na edição.

JUDICIALIZAÇÃO – Cientes dos riscos oferecidos pela judicialização da medicina, diversos cirurgiões plásticos presentes procuraram o estande da Anadem para saber mais sobre o FUMDAP (Fundo Prestamista de Defesa Profissional). Hoje, a especialidade figura como a terceira mais demandada nos tribunais, seguida apenas de Ginecologia/Obstetrícia e Traumato/Ortopedia.
 

Compartilhar:

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *