PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM SEGURANÇA DO PACIENTE E GESTÃO DOS RISCOS ASSISTENCIAIS

1.1 Denominação do curso

Curso de Pós-graduação Lato Sensu em Segurança do Paciente e Gestão dos Riscos Assistenciais.


1.2 Modalidade da Oferta

O curso será ofertado na modalidade presencial.


1.3 Área do conhecimento

Saúde.


1.4 Carga horária e duração em meses

Observando o disposto na Resolução CNE/CES nº 1 de 06/04/2018, o Curso de Pós-graduação Lato Sensu em Segurança do Paciente que possui carga horária de 360 h/a será integralizado em 18 meses.


1.5 Período e Periodicidade da oferta

O curso será ofertado de forma regular pela Faculdade Cambury, instituição que certificará o curso. O curso será implementado em parceria com a Sociedade Brasileira de Direito Médico e Bioética (ANADEM).


1.6 Quantidade de vagas

Serão ofertadas, a cada processo seletivo, 45 vagas. 

Sabemos que a preocupação com a qualidade na saúde é antiga e que a segurança do paciente e do profissional da saúde permeou em muitos momentos nas discussões iniciais acerca da qualidade dos serviços prestados, mas a ênfase hoje mundialmente dada à área de Segurança do Paciente é um tema que se tornou prioritário e difundido junto aos profissionais da área da saúde, sobretudo médicos. Ao longo dos últimos anos, ocorreu um certo amadurecimento pela busca da qualidade e segurança do paciente, devido não somente às ações judiciais sofridas pelos profissionais da saúde, mas também pelos problemas surgidos nos tratamentos dos pacientes em função dos eventos adversos.

Em função disso, considera-se importante que os envolvidos no processo saibam identificar o risco adverso, propor ações de mitigação, prevenção e planos de contingência, atendendo às legislações nacionais e normas internacionais. Nesse contexto, o Curso de Especialização em Segurança do Paciente e Gestão dos Riscos Assistenciais, foi estruturado de forma a desenvolver nos alunos a compreensão acerca dos processos de mapeamento dos riscos, envolvendo tanto a segurança, quanto a solução dos problemas identificados e o planejamento da segurança por meio da implantação de boas práticas de segurança entre os profissionais da instituição de saúde. Dessa forma, o que se propõe é a capacitação para disseminar as boas práticas, no sentido de melhorar a efetividade, eficiência, qualidade e segurança do cuidado à saúde possibilitando aos alunos a construção de uma cultura de qualidade e segurança em suas respectivas organizações de saúde.

Profissionais envolvidos com o processo de Segurança do Paciente, tais como médicos, dentistas, enfermeiros, farmacêuticos, nutricionistas, assistentes sociais, fisioterapeutas, psicólogos, fonoaudiólogos, biólogos, administradores, contadores, economistas, advogados, engenheiros e outros profissionais de nível superior de áreas correlatas que trabalham ou possuem interesse em aprofundar essa temática.

De acordo com a legislação vigente, os cursos de pós-graduação lato sensu são abertos a candidatos diplomados em cursos de graduação ou demais cursos superiores e que atendam às exigências das instituições de ensino.

Observação: O candidato poderá inscrever-se mediante apresentação do diploma de conclusão de curso de graduação emitido pela instituição reconhecida pelo MEC, ou excepcionalmente com apresentação da declaração de conclusão do curso, ficando ciente que para receber o certificado de pós-graduação deverá apresentar o diploma da graduação até o final do curso.

Documentos para matrícula:

1.Cópia do Diploma de Graduação (Autenticado frente e verso em cartório)
2.Cópia do Histórico Escolar da Graduação (Autenticado frente e verso no cartório)
3.01 Foto 3×4 Recente
4.Cópia do Documento de Identidade (RG)
5.Cópia do CPF
6.Cópia do Comprovante de Endereço
7.Cópia da Certidão de Nascimento, Casamento ou Divórcio
8.Ficha de Inscrição Assinada pelo Aluno
9.Currículo Profissional

A seleção é realizada por meio de análise documental e currículo. É dada preferência aos alunos que têm experiência profissional.

Professor Renato Assis: Advogado graduado em Direito pela Universidade FUMEC, Pós-graduado em Direito Processual pela PUC- MG, Pós-graduado em Direito Médico pela Universidade de Araraquara/SP, Pós-graduando em Gestão Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas, Especialista em Terceiro Setor, Autor do Livro Direito Processual e o Constitucionalismo Democrático Brasileiro – 2009, Conselheiro Jurídico e Científico da Anadem – Sociedade Brasileira de Direito Médico e Bioética, Membro da Comissão Direito Médico da OAB/MG, Acadêmico Efetivo e Vitalício na área de Ciências Jurídicas da Academia Latino- Americana de Ciências Humanas, Procurador Geral da AAAPV, Membro da WAML – World Association for Medical Law, Membro da ASOLADEME – Associatión Latinoamericano de Derecho Médico.

7.1 Objetivo do curso


7.1.1 Específicos

  • Reconhecer a importância do conhecimento técnico-científico acerca da segurança do paciente;
  • Conhecer as ferramentas necessárias para o emprego dos procedimentos, técnicas e estratégias para se tornar multiplicador em Segurança do Paciente.
  • Desenvolver competências técnicas para manter a qualidade na prestação de cuidados em saúde;
  • Desenvolver o senso crítico e reflexivo por meio de ferramentas significativas para o processo ensino-aprendizagem voltado para as boas práticas, qualidade e eficiência dos cuidados em saúde;
  • Compreender e aplicar as ferramentas essenciais para todas as fases que englobam a análise de riscos e a melhoria dos processos e sistemas.


7.2 Metodologia

A metodologia utilizada será voltada para o desenvolvimento do processo ensino/aprendizagem, contribuindo para a construção do conhecimento e aprimoramento técnico partindo da interação presencial e virtual entre alunos e professores. O processo ensino aprendizagem busca fortalecer a integração entre a teoria e prática valorizando a experiência prévia do aluno e priorizando a utilização de técnicas de ensino ativas, por meio de estratégias que despertem a atenção, estimulem e mantenham o interesse da turma com programas que priorizam os estudos de casos, exercícios, simulações, seminários e a utilização de recursos áudio visuais pertinentes. As disciplinas Metodologia Científica e Trabalho de Conclusão de Curso serão ministradas na modalidade a distância, utilizando os recursos do ambiente virtual de aprendizagem que possibilita o desenvolvimento do processo ensino/aprendizagem por meio da interação entre os alunos, tutores e equipe de apoio tecnológico e contribui para a construção de uma comunidade virtual de aprendizagem interativa, capaz de apoiar e promover novas formas de relações com o conhecimento.Durante todo o processo, a Instituição oferecerá subsídios e direcionamentos para o desenvolvimento das habilidades e competências previstas nas disciplinas, possibilitando ao aluno, tempo necessário para organização e estudo do conteúdo didático. Visando a qualidade e interatividade no processo ensino aprendizagem, o Coordenador do Curso e a Coordenadora Pedagógica do curso serão responsáveis pela organização e distribuição do material didático em sala de aula e no ambiente virtual de aprendizagem, juntamente com o apoio dos docentes responsáveis pela disciplina. 

DisciplinasCarga Horária
Gestão de Pessoas e Comportamento Organizacional em Instituições de Saúde18
Educação em Saúde18
Gestão de Processos em Saúde18
Gestão da Qualidade em Serviços de Saúde18
Gestão da Informação e Comunicação em Saúde18
Segurança do Paciente nas organizações de saúde18
Bioética em serviços hospitalares18
Responsabilidade social e ambiental das instituições de saúde18
Saúde baseada em evidências18
Acreditação e Certificação em serviços de saúde18
Governança Clínica: gestão do corpo clínico e dos serviços assistenciais18
Governança Corporativa18
Gerenciamento de riscos em instituições em saúde18
Gestão de eventos adversos em saúde18
Metodologia de Pesquisa (EAD)18
Gestão financeira em organizações de saúde18
Bioestatística em saúde18
Auditoria Hospitalar18
Aspectos éticos e jurídicos em saúde18
Seminário de  TCC –18
Total de Carga Horária: 360 Horas

Com base na legislação vigente, Resolução CNE/CES nº 01/2018 o corpo docente poderá ser constituído por no mínimo 30% (trinta por cento) de professores com titulação obtida em programa de pós-graduação stricto sensu. Os demais docentes possuem no mínimo formação em nível de especialização.

A certificação do curso Pós-Graduação Lato Sensu em Segurança do Paciente e Gestão dos Riscos Assistenciais está vinculada à avaliação da frequência nas aulas, ao aproveitamento em cada disciplina igual e/ou superior a 70% do total e à aprovação do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC). A frequência tem registro mediante chamada oral realizada pelo docente responsável de cada disciplina e os resultados serão lançados no diário de classe, junto com o aproveitamento acadêmico das aulas. O resultado do Aproveitamento Acadêmico é expresso na forma de nota de acordo com o desempenho nos trabalhos de avaliação em cada disciplina. Serão distribuídos 100 pontos em cada disciplina, sendo 60 pontos distribuídos a critério dos docentes que poderão trabalhar com seminários, estudos de caso, jogos, dentre outros e 40 pontos distribuídos em uma avaliação formal, que deverá acontecer no último momento da aula, com o objetivo de avaliar o conhecimento construído durante os estudos da disciplina. Serão considerados aprovados os pós-graduandos com nota igual ou superior a 70 pontos obtidos durante o desenvolvimento do curso. Os alunos que apresentarem nota igual ou inferior a 69 pontos terão direito ao trabalho de regularização acadêmica que substitui as avaliações da disciplina e é realizado em data(s) definida(s) e divulgada(s) pela Coordenação Pedagógica do Curso.

INSCRIÇÃO

R$ 600,00 + 18 mensalidades de R$ 600,00.