fbpx

CENTRAL DE ATENDIMENTO 24H: 0800 61 3333

Anadem comemora sanção da lei que permite produção e venda da fosfoetanolamina

Por Vinícius Tavares

A Anadem comemora a sanção presidencial da Lei que libera a produção e a venda da fosfoetanolamina. A decisão foi publicada na edição desta quinta-feira (14/4) do Diário Oficial da União. O texto do projeto de lei permite que pacientes diagnosticados com câncer usem a substância por livre escolha, desde que assinem termo de consentimento e responsabilidade, antes de concluídas as pesquisas científicas para seu registro definitivo na Anvisa. 

O presidente da Anadem, Dr. Raul Canal, comemora a decisão. “Desde fevereiro temos apoiado pessoalmente os pesquisadores responsáveis pelos estudos com a fosfoetanolamina, que há 20 anos vem trazendo resultados positivos em muitos pacientes e levando esperança às famílias”, afirma.

Apresentado por 26 deputados, o texto foi aprovado na Câmara dia 8 de março e duas semanas depois já havia sido aprovado no Senado.

First Aid Foundation

1 Aid Foudation 2

Em março, o presidente da Anadem recebeu os representantes da First Aid Foundation, organização não governamental alemã que apoia projetos voltados à saúde. Na ocasião, os representantes da entidade na América do Sul, Silvio Carlos Ribeiro e Rubens Gallerani, se comprometeram a doar os equipamentos e insumos necessários para a produção da fosfoetanolamina sintética.

“A fundação manifestou interesse em doar, além do reator nuclear e da encapsuladora, todos os demais insumos necessários para as próximas etapas da pesquisa”, lembra Raul Canal.

Nos próximos dias deve ser formalizada uma parceria entre a Anadem e os pesquisadores paulistas para a produção do medicamento com o apoio financeiro da First Aid Foundation.

A fosfoetanolamina foi sintetizada no Instituto de Química da USP há cerca de 20 anos, por uma equipe de pesquisadores chefiada por Gilberto Chierice.

Com informações do UOL.