fbpx

CENTRAL DE ATENDIMENTO 24H: 0800 61 3333

FUMDAP comprova inexistência de erro em implante de próteses de silicone

O Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios confirmou sentença de primeiro grau que julgou improcedente ação de indenização proposta contra o médico cirurgião-plástico.

A autora alegou erro médico tendo em vista a deformação e assimetria das mamas provocada por contratura capsular.

O FUMDAP comprovou que a cirurgia foi adequada, tendo sido realizada conforme preconiza a literatura médica, portanto inexistindo erro por parte do médico. A contratura, assim como hematomas, infecções e rupturas são uma possibilidade no seguimento pós-operatório.

Foto: Hospital, Kool Cats Photography, via Flickr

Leia mais:
FUMDAP prova que não houve negligência, imprudência ou imperícia em caso de lipoaspiração