fbpx

CENTRAL DE ATENDIMENTO 24H: 0800 61 3333

Exame do Cremesp: quase metade dos recém-formados são reprovados

Quase metade dos recém-formados em escolas médicas do Estado de São Paulo foi reprovada no Exame do Cremesp 2015. De um total de 2.726 egressos que participaram do exame, 48,13% deles – ou 1.312 – não alcançaram a nota mínima. Ou seja, acertaram menos de 60% das 120 questões da prova, porcentagem que o Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo considera mínima para a aprovação. Os outros 51,87% – ou 1.414 egressos – acertaram mais de 60% das questões.

Entre os egressos de escolas públicas paulistas, a reprovação foi de 26,4%. Já entre os cursos de Medicina privados do Estado de São Paulo, 58,8% dos alunos foram reprovados. Atualmente existem 45 escolas médicas em atividade em São Paulo. Dessas, 30 foram avaliadas no Exame de 2015. As demais, abertas há menos de seis anos, ainda não formaram turmas à época da prova.

A prova foi realizada no dia 18 de outubro de 2015 em dez municípios paulistas (Botucatu, Campinas, Marília, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São Carlos, São José do Rio Preto, São Paulo e Taubaté).

Apesar dos resultados preocupantes, o desempenho dos novos médicos no Exame do Cremesp 2015 foi ligeiramente melhor que nos últimos três anos, com a taxa de reprovação ficando pouco abaixo da metade, 48,1%. No ano passado, os reprovados foram 55%; em 2013, 59,2%; e em 2012, foram 54,5%.

Em 2015, dos 2.787 inscritos formados em escolas paulistas, apenas 61 não participaram do Exame (abstenção de 2,19%), confirmando o grande interesse e adesão também verificado nos anos anteriores.

Acesse a íntegra do resultado do Exame do Cremesp 2015

Fonte: http://www.cremesp.org.br/
Foto: photl.com