fbpx

CENTRAL DE ATENDIMENTO 24H: 0800 61 3333

Mato Grosso: Médico é acusado de fraturar clavícula de bebê durante parto

Familiares denunciam negligências de médicos durante parto de bebê, no Hospital Regional de Sorriso, em Mato Grosso. A criança teve a clavícula deslocada durante o parto. Um raio-X feito no recém-nascido mostrou que houve uma lesão no membro. Com os resultados em mãos, a família pede providências do hospital, alegando que houve negligência médica.

A mãe do bebê diz que percebeu que havia algo errado porque o filho não parava de chorar. “Me sinto péssima ao ver ele sem movimentar o braço. Não sei o que fazer, só quero que reparem o dano para não acontecer isso com outras famílias”, contou.

Além da lesão no filho, a paciente que pediu para não ser identificada disse que foram feitos cortes durante o parto normal. Ela alega que a criança era muito grande para fazer um parto normal, mas que mesmo assim os médicos insistiram.

“É difícil explicar como uma mãe sente sabendo que seu filho foi machucado durante o parto. Você se sente impotente sobre o que fazer. É difícil saber que seu filho mexia dentro da barriga e, quando ele sai, infelizmente por um erro médico, acontece tudo isso. Nunca vou aceitar o que aconteceu”, diz a mãe.

A prima disse que a família não teve nenhum apoio por parte do hospital. “O médico simplesmente deu alta para o nosso pequeno, sem nenhum tipo de imobilização, apenas fitas adesivas coladas ao corpo. Foi repugnante esta situação, porque eles não podem tratar o ser humano sem respeito, como estão acostumados a fazer”, lamenta.

A Secretaria de Estado de Saúde, por meio da diretoria do Hospital Regional de Sorriso, esclarece que a clavícula do recém-nascido precisou ser deslocada, propositalmente, a fim de evitar maiores complicações e resguardar a saúde da mãe e do bebê. Informa ainda que toda assistência médica foi dada oportunamente e seguindo os preceitos e técnicas da medicina legal, que não aconselha o engessamento do braço. Sendo assim, foi realizada a imobilização do braço do bebê corretamente e dado alta após avaliação médica.

Com informações da Gazeta Digital

http://www.gazetadigital.com.br/conteudo/show/secao/9/og/1/materia/474419/t/familia-acusa-medicos-de-fraturar-braco-de-bebe-durante-parto