fbpx

CENTRAL DE ATENDIMENTO 24H: 0800 61 3333

SP: Justiça condena médica por morte de jovem que iria doar medula

O Tribunal de Justiça de São Paulo condenou nesta segunda-feira (11) por homicídio culposo, sem intenção de matar, uma das médicas que atenderam a estudante que morreu em 2011 depois de passar por um processo para doar medula óssea no Hospital de Base de São José do Rio Preto (SP).

Segundo a sentença, a médica foi a responsável por colocar o cateter que provocou a hemorragia na paciente. No ano passado, a médica tinha sido julgada em Rio Preto e absolvida, mas o Ministério Público recorreu e agora ela foi condenada a dois anos e oito meses, mas que foi revertido em pagamentos de salários para a família.

A outra médica envolvida no caso, responsável por fazer o acompanhamento da paciente depois do procedimento, já tinha sido condenada e agora teve a pena aumentada. O advogado dela tinha recorrido da sentença de dois anos de prisão em primeira instância, que foi elevada para dois anos e oito meses pelo TJ. Mas a decisão também reverteu a pena em pagamento de salários para a família. Os advogados das médicas disseram que vão recorrer da decisão.

 

Fonte: G1 (http://g1.globo.com/sao-paulo/sao-jose-do-rio-preto-aracatuba/noticia/2016/04/tj-condena-medica-por-morte-de-jovem-que-iria-doa-medula.html)

Imagem: G1/Divulgação