fbpx

CENTRAL DE ATENDIMENTO 24H: 0800 61 3333

Spray nasal desenvolvido contra Covid-19 também combate resfriado comum

O Inna-X apresentou resultados positivos contra vírus respiratórios, incluindo o rinovírus e o Sars-CoV-2. Testes em humanos devem acontecer nas próximas semanas

Por Revista Galileu

Uma nova droga em desenvolvimento contra a Covid-19 tem apresentado resultados efetivos também no combate a inflamações causadas por rinovírus, principal responsável pelos resfriados comuns. O Inna-X é um spray nasal que tem como objetivo estimular a resposta imunológica nas vias aéreas, que são a primeira região do corpo a atuar contra a invasão de vírus respiratórios.

Em estudo publicado no European Respiratory Journal, pesquisadores do Instituto de Pesquisa Médica Hunter (HMRI, na sigla em inglês) e da Universidade de Newcastle, na Austrália, mostraram que o Inna-X apresentou eficácia contra infecções na fase pré-clínica, além de boas respostas no impedimento da replicação e disseminação do Sars-CoV-2, causador da Covid-19. “Assim como observamos em relação a outros vírus respiratórios, incluindo o Sars-CoV-2, o tratamento com Inna-X anterior à infecção reduziu o nível de vírus no trato respiratório”, conta o pesquisador e chefe do estudo, Nathan Bartlett, em comunicado.

O uso do medicamento também pode ajudar pessoas que sofrem com doenças respiratórias crônicas, como asma. Elas costumam ter uma resposta imune menos efetiva contra vírus respiratórios. “Examinamos os efeitos do Inna-X em células das vias aéreas de pacientes asmáticos, que sabemos que tem uma resposta imunológica antiviral menos eficaz, e descobrimos que o tratamento foi efetivo, o que possibilita o uso do Inna-X em populações de risco”, diz Bartlett.

Desenvolvido pela empresa de biotecnologia Ena Respiratory, o Inna-X está previsto para entrar na fase de testes clínicos em humanos nas próximas semanas, na Austrália. Se for aprovado, o spray, em conjunto com abordagens de vacinas, deve contribuir para reduzir a gravidade dessas doenças.

Foto: Hunter Medical Research Institute

Opções de privacidade